Alternar Nav
icon
contato@editoraallievo.com.br
icon
(19) 98949-7497
icon
100% SEGURA
Meu Carrinho
Alternar Nav
open icon

Introdução aos Esclarecimento de termos de UCEM

A Introdução aos Esclarecimento de termos de UCEM é fundamental para todos os estudantes! Nós muitas vezes nos perdemos em questionamentos inúteis que nada mais fazem além de nos atrasar bastante nesse caminho, cumprindo os propósitos do ego. Muitos estudantes passam anos nesse tipo de debate, perdendo preciosas oportunidades de aprender e praticar o Curso em seu dia a dia. Concentrando-nos em realmente aprendermos nossas lições, deixamos de lado todos esses debates e aproveitamos cada uma dessas oportunidades para que o caminho de volta para Casa seja cada vez mais rápido, suave e pacífico!

"1. Esse não é um curso de especulação filosófica, nem se preocupa com uma terminologia precisa. Ele se ocupa somente da Expiação ou da correção da percepção. O meio para a Expiação é o perdão. A estrutura da 'consciência individual' é essencialmente irrelevante porque é um conceito que representa o "erro original" ou o 'pecado original'. Estudar o erro em si não leva à correção, se queres realmente ter sucesso em não ver o erro. E é apenas esse processo de deixar de vê-lo que constitui o objetivo do curso.

2. Todos os termos são potencialmente controversos e aqueles que buscam a controvérsia vão achá-la. Porém aqueles que buscam o esclarecimento também vão encontrá-lo. Entretanto, têm que estar dispostos a deixar de ver a controvérsia, reconhecendo que ela é uma defesa contra a verdade na forma de uma manobra de adiamento. Considerações teológicas enquanto tais são necessariamente controversas, já que dependem de crença e podem, portanto, ser aceitas ou rejeitadas. Uma teologia universal é impossível, mas uma experiência universal não só é possível como necessária. É para essa experiência que o curso está dirigido. Só aqui é possível haver coerência porque só aqui termina a incerteza.

3. Esse curso permanece dentro da estrutura do ego, onde ele é necessário. Não se ocupa do que está além de todo erro, porque está planejado somente para estabelecer a direção nesse sentido. Por conseguinte, usa palavras que são simbólicas e não podem expressar o que está além dos símbolos. é só o ego que questiona porque é só o ego que duvida. O curso apenas dá outra resposta, uma vez que tenha sido levantada uma questão. No entanto, essa resposta não tenta apelar para a inventividade ou para a engenhosidade. Esses são atributo do ego. O curso é simples. Tem uma função e uma meta. Só nisso ele é completamente consistente, porque só isso pode ser consistente.

4. O ego vai pedir muitas respostas que esse curso não dá. Ele não reconhece como perguntas a mera forma de uma pergunta à qual é impossível dar uma resposta. O ego pode perguntar: 'Como ocorreu o impossível?', 'Para que aconteceu o impossível?' e pode perguntar isso de muitas formas. Entretanto, não há nenhuma resposta. apenas uma experiência, Busca somente isso, e não deixes que a teologia te atrase."

Um Curso em Milagres - Esclarecimento de Termos - Introdução, 1-4

Produzido por: Optimus Digital
Fechar